10 conselhos para um caloiro

setembro 18, 2017



Parece que hoje começa a verdadeira aventura para muitos estudantes, a tão esperada vida universitária. Eu acabei esta fase da minha vida há um ano e, deixem-me revelar-vos uma coisa: que saudades. Preparem-se para grandes mudança: nova cidade, nova casa, novos amigos, novas responsabilidades, novos cozinhados, novas aventuras, novas etapas. 
Vou ser sincera, não é fácil esta adaptação tão repentina, somos obrigados a crescer de um dia para o outro e a deixar a asa da nossa mãe que tanto conforto nos dá. A mudança do secundário para a universidade acarretas novos hábitos de estudo e de vivência. Deixo-vos aqui o que aprendi ao longo dos meus 4 anos de universitária.

Apontamentos à velocidade da luz: por muito que os power point's vos pareçam suficientes para ter uma boa nota acreditem que não é. Os professores nesta fase obrigam-nos a crescer muito e a ter os nossos métodos de estudo (acreditem que não é fácil conciliar apontamentos, textos de apoio e power point's) e escrever o que ele diz é sempre uma mais valia porque, nem sempre estão escritos nos materiais de apoio e é uma forma de vocês provarem que assistem às aulas. 

Agendas: vai ser um acessório que fará toda a diferença para a organização do vosso tempo e uma ajuda imprescindível para não serem apanhados de surpresa com entregas de trabalhos ou exames. 

Snack's: este é um tópico mega importante em dois sentidos: poupas e estás sempre preparado para compromissos inesperados. 

Post-it's: vão ser sem dúvida alguma os vossos melhores amigos. É uma forma de marcarem as páginas importantes e não andarem sempre a perder tempo à procura. Quando estão a ler textos de apoio podem fazer pequenos resumos do mais importante e colar junto da parte resumida (acreditem que vos ajudará muito, principlamente quando andarem perdidos com tanta matéria para estudar ou rever). 

Quarto desarrumado: este tópico deve encaixar na maioria dos universitários. Pois é, é tão mais fácil levantar mais tarde e ir logo para a faculdade e não ter de arrumar o quarto, mas a verdade é que, quando tiveres que estudar naqueles dias que não tens vontade nenhuma, esta será a desculpa perfeita para atrasares o teu estudo e não queremos isso. 

Saudades: as saudades de casa vão acabar por vir e acreditem que não é vergonha nenhuma. Não tenham vergonha por desabafar com os vossos país ou mesmo com os vossos amigos mais próximos. Podíamos reclamar a toda a hora com os nossos pais, mas sempre estivemos juntos, foram 18 anos todos os dias com eles, é normal e completamente aceitável. Porém, não são só vocês a sofrer, acredito que, eles sofrem bem mais por não ter os seus passarinhos no ninho sob a sua cautela. 

Comida: esqueçam lá a boa alimentação que tinham em casa. Agora que ninguém vos "controla", acreditem que o fast food e massas passarão a ser os vossos melhores amigos. No entanto, sempre que tenham tempo aproveitem para cozinhar algo melhor, o vossos corpo agradece. 

Praxe: nem tudo será um mar de rosas em algumas faculdades no que diz respeito a esta temática, mas nunca se deixem espezinhar ou façam coisas inaceitáveis. Na minha opinião, enquanto caloira e praxista, a relação com os trajados ou caloiros tem de ser de confiança e aberta, perguntem e digam o que acham da praxe sem terem medo pois, é deste modo que ajudam a sua evolução e contribuem para melhorá-la. A praxe tem como fim, a integração no curso, a interação entre caloiros (pois serão os vossos verdadeiros companheiros nesta grande aventura) e a união do curso. Aproveitem todos os momentos que vos são proporcionados e não tenham vergonha, participem nas actividade e acima de tudo DIVIRTAM-SE caloirinhos. 

  • Praxe solidária: tenho pena de nunca ter participado neste tipo de praxe mas, se o vosso curso não tem, façam essa proposta (nada melhor que juntar o útil ao agradável). 

Residências: para quem tem a sorte de ficar numa residência por favor, não se fechem no quarto, convivam com as outras pessoas e acreditem que vão encontrar uma família. Para muitos, partilhar o quarto não será fácil mas tirem partidos de tudo o que tem de bom: têm sempre uma pessoa para conversar até adormecer, limparem o quarto juntos é muito mais divertido, tirarem fotos magníficas ao vosso colega enquanto dorme de boca aberta ou em posições estranhas, fazer partidas, entre outras coisas maravilhosas. 

Pausas: acreditem que fazer uma pausa de 15 minutos só vai fazer render o estudo, tirem esses minutinhos para fazerem o que vos apetece e não insistam quando o vosso cérebro vos diz que não dá mais. 

Espero que vos tenha dado umas luzes para esta vossa aventura que acaba de começar e, não se esqueçam: vivam tudo que o tempo passa a correr. 
Sejam felizes, xoxo - A Maria do Mar 🐚 

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe